Para compartilhar idéias!



terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

O "olhar" sobre o Programa Bolsa Família

Sempre considerei que tudo é uma questão do "olhar"...certamente todos temos nossas dificuldades. Tenho uma grande amiga de infância que atua no Governo Federal na área de segurança alimentar e, segundo ela, o Bolsa Família salvou e resgatou milhares de vidas. O valor da Bolsa é de R$ 70,00 para a grande maioria e pode chegar a R$250,00 em caso de miséria absoluta e depois de uma avaliação séria. 70% da população que recebe o benefício é composta por mulheres. R$70,00 com a obrigatoriedade de criança na escola e acompanhamento de saúde. Meus alunos e alunas gastam mais do que isso em uma balada de final de semana. Voltando ao "olhar": tem gente que pensa que devemos imitar os países do primeiro mundo e que temos ainda espírito de colônia, tem gente que pensa que devemos aprender com eles o que tem de bom e desenvolver o nosso jeito; tem gente que acha que pobre não pode andar de avião, nem ter carro e casa, tem gente que pensa que todos temos direitos; tem gente que acha que a moça foi estuprada porque estava de saia curta, tem o lado que enxerga que a sociedade é machista; tem gente que acha que o assassino matou a ex-mulher por amor, tem a visão que ele matou por se sentir dono de seu corpo e alma; tem gente que acha que é porque é classe média é melhor que todos os demais porque trabalha e paga muitos impostos. Tem gente que pensa que vivemos numa democracia, tem gente que enxerga que a classe trabalhadora tem mínima representatividade na Câmara federal, composta em sua grande maioria por grandes empresários e grandes fazendeiros. E tem gente que pensa que ofendendo ou tentando ofender está contribuindo para a discussão, enfim tudo é questão de "olhar". O Bolsa Família não é para sempre. E se formos andar por esse imenso Brasil, veremos que fomos tão explorados e nossos governantes deixaram os podererosos nos subjulgar tanto,que ainda temos lugar que o povo tem extremas dificuldades. Aqui no Sul a nossa vida é bem diferente do resto do país, por isso compreendo o Bolsa Família. Compreendo o ponto de vista de quem batalhou na vida e conseguiu tem boas condições, mas entendo que tem pessoas que possuem infinitamente muito menos condições financeiras e que vivem em locais com muito menos estrutura que nós. E mesmo sendo contra assistencialismo e a favor do ensinar a pescar, compreendi a importância do Programa Bolsa Família para a nossa população considerada vulnerável por não ter tido as condições mínimas de sobrevivência por séculos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário